Jovens brasileiros usam a tecnologia para enfrentar a violência de gênero e promover participação das mulheres na política

18 de Junho de 2015

Em novembro de 2014, Daniela Rozado, Rafael Reis e Salete Farias criaram um site (http://minhavoz.com/) para ajudar as mulheres a entender o que é a violência de gênero e procurar ajuda. Enquanto isso, Isadora Forte, Yves Bouckaert e Matheus Santana desenvolveram uma ferramenta online (https://donamaria.herokuapp.com/) para aumentar a representação feminina no legislativo. Ambas as equipes ganharam o Hackathon Gênero e Cidadania, promovido pela Câmara dos Deputados e patrocinado pelo Banco Mundial. O trabalho desses jovens foi premiado com uma viagem para Washington (EUA), onde eles se encontraram com autoridades do Banco e especialistas em empreendedorismo e cidadania.