COMUNICADO À IMPRENSA

Profissionais da Etiópia e Moçambique visitam o Brasil para realizar Intercâmbio de Conhecimentos sobre Florestas Sustentáveis

19 de Fevereiro de 2015


Brasília, 19 de fevereiro de 2015 - Na semana de 23 a 28 de fevereiro, uma delegação de líderes dos setores público e privado da Etiópia e Moçambique visitarão o Brasil para compartilhar conhecimentos e experiências sobre plantações florestais sustentáveis.

A delegação se reunirá com autoridades do Governo Federal e do Estado do Espírito Santo, bem como representantes de instituições de pesquisa e entidades do setor privado, para discutir as melhores práticas, políticas e incentivos de promoção do setor florestal e como as plantações florestais podem ajudar a aprimorar a gestão dos recursos naturais - e das florestas nativas em particular - e promover o desenvolvimento rural.

"As plantações florestais sustentáveis podem beneficiar as economias e populações rurais da África", disse Mark Lundell, Diretor do Escritório do Banco Mundial em Moçambique. "Isto é ainda mais relevante para as plantações que incluem pequenos agricultores na cadeia de suprimento de diversos produtos florestais. Esta opção de política pode ser importante para a geração de empregos e renda nas áreas rurais, ao passo que contribui para reduzir a pressão sobre as florestas existentes".

O Brasil foi escolhido como sede devido ao reconhecimento internacional da capacidade do país no setor de florestas plantadas. "O Brasil desenvolveu o estado-da-arte do conhecimento em gestão florestal, colheita e transporte de madeira. O país costuma ser visto como ponto de referência por empresas madeireiras do mundo inteiro", afirmou Magda Lovei, Gestora de Práticas do Banco Mundial. "Esta é uma das razões por que estamos trabalhando com os países que são nossos clientes na África para promover a aprendizagem e a troca de conhecimentos Sul-Sul".

A troca de conhecimentos permitirá aos participantes:

  • Ampliar seus conhecimentos sobre como as atividades de (re)florestamento e as plantações florestais sustentáveis podem contribuir para a redução da pobreza, com foco na participação de pequenos agricultores e pequenos consumidores industriais de madeira e sua integração nas cadeias de suprimento da madeira;
  • aumentar a conscientização sobre as espécies de crescimento rápido passíveis de cultivo por pequenos agricultores e as tecnologias de silvicultura mais recentes - a prática de controle da saúde e qualidade das florestas, para atender a diversas necessidades e valores, e sua integração aos ecossistemas naturais das redondezas;
  • discutir políticas públicas e incentivos de promoção das plantações florestais no setor privado; e
  • aprender sobre fontes de financiamento e ferramentas inovadoras para melhorar o clima de investimentos em atividades florestais e no setor madeireiro.

O intuito da visita é criar uma ampla rede de partes interessadas e fortalecer parcerias duradouras entre o Brasil, a Etiópia e Moçambique.

"Espero adquirir conhecimentos práticos sobre gestão florestal sustentável, com ampla participação da comunidade", disse Darlindo Ernesto da Conceição Pechisso, Chefe da Direção Nacional de Terras e Florestas do Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar de Moçambique. "Esperamos que os intercâmbios e discussões entre os pares gerem ideias que possam ser replicadas no contexto moçambicano e apoiem os nossos esforços para criar plantações florestais sustentáveis". 

"A visita de estudo está intimamente ligada às operações florestais realizadas atualmente pelo Banco Mundial nos dois países", afirmou André Aquino, Especialista Sênior em Gestão de Recursos Naturais do Banco Mundial. "As plantações florestais, usadas para diferentes finalidades, são um elemento importante das paisagens sustentáveis. Elas têm o potencial de reduzir a pressão sobre as florestas nativas e, ao mesmo tempo, gerar empregos e renda - algo muito necessário nas áreas rurais".

Visite a nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/bancomundialbrasil

Receba atualizações via Twitter: https://www.twitter.com/bancomundialbr

Nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/alcregion2010



Contatos com a mídia:
Em Washington DC
Madjiguene Seck
tel : +1 (202) 458-0616
mseck@worldbank.org
Em Brasilia
Candyce Rocha
tel : +55 61 3329-1059
crocha@worldbank.org


Api
Api