COMUNICADO À IMPRENSA

Moçambique obtém 110 milhões de dólares do Banco Mundial para melhorar o ambiente de negócios, finanças públicas e protecção social

5 de Dezembro de 2014


WASHINGTON, 5 de Dezembro de 2014 - O Conselho de Administração do Banco Mundial aprovou hoje um financiamento no valor de 110 milhões de dólares para apoiar o orçamento do Estado do Governo de Moçambique e o seu plano de redução da pobreza (PARP). Este financiamento da Associação para o Desenvolvimento Internacional (IDA) é providênciado ao abrigo do programa de crédito de apoio a redução da pobreza, décima série (PRSC X) que apoia a agenda de reformas programáticas do Governo acordada com o Banco Mundial, no âmbito do apoio ao orçamento geral.

Moçambique tem registado um crescimento económico de 7,4 por cento em média ao longo das últimas duas décadas. No entanto, este rápido crescimento não foi acompanhado de uma redução da pobreza na mesma proporção.

"As reformas apoiadas por esta operação contribuirão precisamente para um crescimento mais inclusivo, que aborda a fraca relação entre o crescimento e a redução da pobreza", disse Mark Lundell, Director do Banco Mundial para Moçambique, Madagáscar, Maurícias e Seicheles. "Esta operação representa o nosso compromisso para com as prioridades de desenvolvimento do país e da sua agenda de redução da pobreza. As séries sucessivas do PRSC facilitaram melhorias na capacidade do sector público, maior eficiência da gestão das finanças públicas, e melhorias no ambiente de negócios a nível do país. "

Esta décima série do PRSC vai continuar a apoiar a República de Moçambique em melhorar o ambiente de negócios e aumentar a transparência na gestão da indústria extractiva; o reforço da protecção social; e o reforço da gestão das finanças públicas.

"As reformas para simplificar o registro e o licenciamento de empresas terão impacto no crescimento do sector privado e na criação de emprego. Da mesma forma, a melhoria da gestão de investimento público resultará em investimentos com maiores retornos e impactos sobre o bem-estar da população ", disse Enrique Blanco Armas, lider da equipa de trabalho para o PRSC e economista sénior do Banco Mundial. "Este projecto apoia também a ampliação e melhorias dos programas de protecção social, o que irá aumentar a capacidade do Governo em apoiar os mais pobres e vulneráveis."

A série de PRSC é uma componente importante da Estratégia de Parceria do Banco Mundial (CPS) com Moçambique e apoia objectivos da instituição de erradicação da pobreza extrema e promoção da prosperidade partilhada. Sob esta estratégia (CPS), o Banco Mundial compromete-se a alinhar o seu apoio ao processo do orçamento nacional e prevê PRSCs consecutivos como um elemento importante no apoio à agenda de redução da pobreza do Governo de Moçambique.



Contatos com a mídia:
Em Washington
Aby Toure
tel : (202) 473-8302
akonate@worldbank.org
Em Maputo
Rafael Saute
tel : (258) 21482300
rsaute@worldbank.org


COMUNICADO À IMPRENSA Nº
2015/231/AFR

Api
Api