COMUNICADO À IMPRENSA

Mais de 25 mil pequenos fazendeiros beneficiados por programa de incentivo agrícola

6 de Março de 2012




Iniciativa vai focar na capacitação de produtores familiares em regiões marcadas pela escassez de água

 

WASHINGTON – 6 de Março de 2012 – O Conselho de Diretores do Banco Mundial aprovou hoje um empréstimo de US$ 100 milhões para o Estado de Pernambuco, que beneficiará 25 mil pequenos fazendeiros. O Projeto de Inclusão Econômica Rural vai estimular iniciativas de agrobusiness e expandir o acesso à água e outras infra-estruturas vitais nas áreas rurais do estado. Noventa por cento das fazendas em Pernambuco são propriedades familiares, no entanto, elas só respondem a 52% da produção agrícola do estado. 

 

Pernambuco contribui apenas como 2% do Produto Interno Bruto (PIB) agrícola do Brasil. Essa baixa produtividade pode ser explicada pelo alto índice de pobreza nas áreas rurais, escassez generalizada de água e falta de investimentos estruturais em transporte e logística.

 

“Em Pernambuco, a baixa produtividade rural e o baixo conhecimento de Mercado inibem a competitividade das fazendas familiares. O projeto vão promover respostas ambientais inteligentes através de cadeias de valor selecionadas para aumentar o acesso desses pequenos produtores ao mercado”, disse Makhtar Diop, Diretor do Banco Mundial para o Brasil.

 

Apesar de o Brasil ser um forte competidor global na área de agricultura, em Pernambuco a agricultura familiar ainda não participa de maneira significativa dessa produção e do boom de exportação, registrado nas últimas décadas.

 

Para impulsionar o desenvolvimento agrário no Estado, o projeto vai focar em:

 

  • Coordenação com vários programas estaduais e federais para estimular a economia e inclusão social através de cadeias de valor;
  • Estimular inovações para maior produção agrícola, aumento do uso eficiente de fontes escassas de água e desenvolvimento de infra-estruturas adaptáveis às mudanças climáticas/. 
  • Facilitar a adoção de novas tecnologias pelas fazendas familiares e o acesso a um maior conhecimento comercial para obtenção de melhores resultados em mercados dinâmicos
  • Promover a igualdade entre os parceiros das cadeias de valor através de alianças que vão oferecer soluções de mercado onde todas as partes ganham/

 

O Bando Mundial tem uma antiga parceria com o Estado de Pernambuco no setor rural, através de uma série de empréstimos realizados como parte do Programa de Redução da Pobreza Rural no Nordeste (1993-2010), que aprimorou significantemente a produção local e a infra-estrutura social de mais de metade da população rural do estado. O projeto de Inclusão Econômica Rural de Pernambuco representa a próxima geração desta parceria, visando à expansão das realizações anteriores, incluindo o aumento de capital social através das organizações produtoras existentes e municipalidades, para aumentar o rendimento rural. A parceria do Banco com Pernambuco também inclui apoio ao setor de administração pública e educação. O Projeto de Melhor Urbana de Recife (Prometropole) e o Projeto de Água Sustentável de Pernambuco. 

 

Esse Projeto de Inclusão Econômica Rural vai ser financiado através de um empréstimo flexível com 29 anos de maturidade e seis anos de carência.

Contatos com a mídia:
Em Brasília
Juliana Braga
tel : (+55 61) 3329-1099
jmachado1@worldbank.org
Em Washington
Marcela Sanchez-Bender
tel : (+1 202) 473-5863
msanchezbender@worldbank.org


COMUNICADO À IMPRENSA Nº
2012/303/LAC

Api
Api