COMUNICADO À IMPRENSA

Programa de Inclusão Social e Crescimento Verde para 200 mil desfavorecidos no Piauí

6 de Março de 2012




Iniciativa promoverá política de expansão da agricultura sustentável, como motor para aprimoramento de serviços sociais e educacionais nas comunidades rurais

 

WASHINGTON – 6 de março de 2012 – O Conselho de Diretores do Banco Mundial aprovou hoje uma Política de Empréstimo para Desenvolvimento (DPL, na sigla em inglês) para apoiar o programa de expansão da agricultura sustentável, educação e inclusão social no Piauí. O Projeto de Inclusão e Crescimento Verde vai beneficiar mais de 200 mil fazendeiros economicamente desfavorecidos e 40 comunidades quilombolas, através da regularização de suas terras e da capacitação técnica para a prática de agricultura sustentável, gerando rendimentos mais elevados.

 

 “O Piauí é rico em recursos naturais. Esse projeto reconhece os esforços do estado para ajudar pequenos e médios produtores a aproveitarem ao máximo suas terras, através de processos sustentáveis e com capacidade técnica aprimorada”, afirmou Wilson Martins, Governador do Estado do Piauí. “Essas medidas não só vão provocar crescimento econômico, como também vão gerar capital humano e melhor nível educacional”.

 

Marcado por contradições, o Piauí possui 25,1 milhão de hectares com significantes recursos naturais, com seis milhões de hectares de terra plana e bem drenada, ideais para agricultura. No entanto, apresenta os piores indicadores sociais e econômicos do país, sendo o segundo Estado com maior índice de analfabetos e com o menor PIB.

 

 “Através desse empréstimo, as comunidades socialmente excluídas vão ter oportunidades nunca antes oferecidas. Ao ajudá-los a melhorar seu nível educacional, eles terão a chance de ser economicamente mais ativos”, explicou Makhtar Diop, Diretor do Banco Mundial no Brasil, e enfatizou “essa iniciativa vai mostrar que o crescimento verde é possível para todos”.

 

O empréstimo vai apoiar três principais objetivos estabelecidos pelo Estado do Piauí:

  • Crescimento rural verde em todo o Estado, através da regularização das terras e garantia de práticas agricultoras sustentáveis;
  • Maior inclusão social através de políticas estaduais de educação pública e participação jovem no mercado de trabalho; 
  • Sustentabilidade Fiscal através de instituições mais fortes e eficientes, resultando na prestação de serviços públicos.

Esta única parcela BIRD DPL não conta com financiamento de outras partes e terá um prazo de vencimento 18,5 anos e cinco anos de carência.

Contatos com a mídia:
Em Brasília
Juliana Braga
tel : (+55 61) 3329-1099
jmachado1@worldbank.org
Em Washington
Marcela Sanchez-Bender
tel : (+1 202) 473-5863
msanchezbender@worldbank.org


COMUNICADO À IMPRENSA Nº
2012/304/LAC

Api
Api