Learn how the World Bank Group is helping countries with COVID-19 (coronavirus). Find Out

Discursos e Transcrições 13 de Dezembro de 2019

O Presidente David Malpass fala sobre o Reabastecimento da ADI19 – Comentários feitos durante um contacto com os meios de comunicação globais

Muito obrigado, obrigado a todos por se juntarem a nós neste contacto.

Hoje é um dia muito bom na luta para ajudar os países mais pobres do mundo. Tenho o prazer de partilhar convosco a partir de Estocolmo, que houve um acordo para um recorde, o maior reabastecimento de sempre da ADI.

Estou em Estocolmo e houve um acordo sobre a maior reabastecimento da ADI, o fundo do Banco Mundial para os pobres. Uma coligação de 52 países doadores e mutuários reuniu-se hoje com uma finalidade comum. Este grupo inclui seis novos países doadores, e espera-se que vários outros países adicionem as suas contribuições. É digno de nota o aumento das contribuições de países que já foram grandes beneficiários do programa da ADI e que se tornaram agora grandes doadores do programa da ADI.

Os doadores concordaram com um pacote recorde de US$82 mil milhões, com US$23,5 mil milhões de contribuições de novos doadores. Isso irá apoiar pessoas que dependem da ADI em 74 países. Estamos extremamente gratos aos nossos parceiros de desenvolvimento, tanto doadores como nossos clientes, pela sua visão, parceria e expressão de confiança na capacidade do Banco Mundial de ajudar os países mais pobres do mundo.

Estamos empenhados em utilizar cada dólar contribuído para atingir o maior impacto possível no desenvolvimento. Procuramos bons resultados em matéria de desenvolvimento que permitam alcançar mais crescimento, redução da pobreza e melhores resultados em matéria de género, clima, fragilidade, conflitos e estados violentos, emprego e transformação económica, boa governação e instituições responsabilizáveis. Estes são o principais temas para este reabastecimento da ADI19.

A generosidade dos doadores de todo o mundo dá-nos a capacidade e credibilidade para cumprirmos a nossa missão de ajudar os países da ADI a alcançar bons resultados  para os países e para os seus povos. Este novo financiamento irá também permitir que a ADI trabalhe em situações de fragilidade, conflitos e violência, incluindo no Sahel, na região do Lago Chade e no Corno de África. Atualmente, dois terços dos pobres de todo o mundo, quase 500 milhões de pessoas, vivem nos 74 países apoiados pela ADI. O novo financiamento anunciado hoje inclui quase US$50 mil milhões em compromissos adicionais para os países da África Subsariana.

O forte e entusiástico apoio à ADI surge apesar dos ambientes orçamentais apertados enfrentados por muitos dos nossos doadores e a maior parte das contribuições aumentaram em relação à ADI18. A ADI19 representa um grande esforço dos doadores de todo o mundo e mostrou uma grande generosidade, e gostaria de reiterar que esta foi uma fantástica demonstração de cooperação em prol de uma grande causa.

O apoio dado nestas circunstâncias reflete a força da parceria da ADI do Banco Mundial, as nossas ambições de desenvolvimento partilhadas e a capacidade do Banco Mundial de ajudar a abordar os desafios extremos que os nossos clientes enfrentam.

Obrigado, e agora vou voltar a dar a palavra ao moderador.

Api
Api