COMUNICADO À IMPRENSA 5 de Novembro de 2019

Grupo Banco Mundial Lança Novo Quadro de Parceria com País para Cabo Verde

Estabelecendo as bases para uma economia mais inclusiva

WASHINGTON, 5 de Novembro, 2019 – Em 29 de outubro de 2019, o Conselho Executivo do Grupo Banco Mundial discutiu o Quadro de Parceria com País (CPF) para a República de Cabo Verde para o período 2020-2025.  Este CPF estabelece a estratégia do GBM para acelerar o capital humano para um crescimento inclusivo liderado por serviços e fortalecer o ambiente para uma economia mais diversificada no arquipélago.

Cabo Verde avançou na redução da pobreza, na desigualdade e na melhoria dos resultados do desenvolvimento humano nos últimos 20 anos. No entanto, a exclusão social continua a ser um desafio para a população mais desfavorecida e extremamente pobres. O desemprego juvenil permanece elevado, com 41% dos jovens em idade compreendida entre 15 a 24 anos.

“Este CPF tem como objetivo apoiar o governo na busca de uma agenda de reformas para alcançar a  sustentabilidade da dívida, macroestabilidade, crescimento e resiliência inclusivos” afirmou Nathan Belete, Diretor do Banco Mundial para Cabo Verde.

“A mobilização de investimentos privados é essencial para apoiar o crescimento inclusivo em Cabo Verde. Em conformidade com o CPF e o Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável, a IFC fornecerá toda a sua gama de produtos financeiros e serviços de consultoria para permitir soluções lideradas pelo setor privado em setores como instituições financeiras, infraestrutura e turismo disse Aliou Maiga, Diretor da IFC para a África Ocidental e Central”.

 “A estratégia se concentrará em promover investimentos para preparar a força de trabalho para uma economia baseada na prestação de serviços de alta qualidade e em reformas estruturais contínuas para atrair investimentos privados, promover o crescimento sustentável e construir conectividade, física e digital, “acrescentou Fatou Fall, Representante Residente na Praia.

A MIGA buscará ativamente oportunidades para apoiar o programa CPF em Cabo Verde, particularmente para apoiar as Parcerias Público-Privadas nos setores de transporte, energia e telecomunicações” afirmou Hoda Atia Moustafa, Chefe do Escritório Regional Africano da Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (MIGA), baseada em Dakar.

Guiadas pelas prioridades identificadas no Diagnóstico Sistemático do País (SCD) de 2018 em Cabo Verde, as duas áreas temáticas de apoio do Grupo Banco Mundial são:

  • Acelerar o capital humano para um crescimento inclusivo e orientado por serviços, aprimorando a educação e as competências básicas para melhor equipar as crianças para oportunidade de emprego no presente e futuro e fortalecendo a proteção social, a inclusão social e o acesso a micro e pequenas empresas;
  • Fortalecer o ambiente para uma economia mais diversificada, melhorando a resiliência fiscal e macroeconômica e estabelecendo as bases para um crescimento liderado pelo setor privado. ​

Atualmente, o país possui oito projetos que recebem financiamento da IDA / BIRD no valor total de $156 milhões, com foco em transporte, desenvolvimento humano, competitividade do turismo, acesso a financiamento para micro, pequenas e médias empresas e governança.


COMUNICADO À IMPRENSA Nº 2020/035/AFR

Contactos

Praia
Fatou Fall
+238 260 1772
ffall1@worldbank.org
Dakar
Henri Mensah
+221 78 639 8673
+221 33 859 7195
LMensah@ifc.org
Api
Api