Image

Perspectivas Econômicas Globais

Visão Geral

Perspectiva global

As repercussões da invasão da Ucrânia pela Rússia estão estimulando a desaceleração da atividade econômica global, que agora deve desacelerar para 2,9 por cento em 2022. A guerra está levando a altos preços das commodities, aumentando as interrupções no fornecimento, aumentando a insegurança alimentar e a pobreza, exacerbando a inflação, contribuindo para condições financeiras mais apertadas, aumentando a vulnerabilidade financeira e amplificando a incerteza política. As perspectivas estão sujeitas a vários riscos negativos, incluindo a intensificação das tensões geopolíticas, crescentes ventos contrários estagflacionários, crescente instabilidade financeira, tensões contínuas de abastecimento e agravamento da insegurança alimentar. Esses riscos ressaltam a importância de uma forte resposta de política macroeconômica e estrutural nos níveis global e nacional.

  2019 2020 2021e 2022p 2023p 2024p
Mundo 2.6 -3.3 5.7 2.9 3.0 3.0
Economias avançadas 1.7 -4.6 5.1 2.6 2.2 1.9
Economias Emergentes e em Desenvolvimento 3.8 -1.6 6.6 3.4 4.2 4.4
      Leste Asiático e Pacífico 5.8 1.2 7.2 4.4 5.2 5.1
      Europa e Ásia Central 2.7 -1.9 6.5 -2.9 1.5 3.3
      América Latina e Caribe 0.8 -6.4 6.7 2.5 1.9 2.4
      Oriente Médio e Norte da África 0.9 -3.7 3.4 5.3 3.6 3.2
      Sul da Ásia 4.1 -4.5 7.6 6.8 5.8 6.5
      África Subsaariana 2.6 -2.0 4.2 3.7 3.8 4.0
Faça o download desses dados em Excel.            

Previsões regionais

A invasão da Rússia na Ucrânia está afetando as regiões de EMED  em diferentes graus por meio de impactos no comércio e produção global, preços de commodities, inflação e taxas de juros. As repercussões da guerra serão mais graves para a Europa e a Ásia Central, onde a produção deverá contrair acentuadamente este ano. O crescimento da produção deverá desacelerar em todas as outras regiões, exceto no Oriente Médio e Norte da África, onde os benefícios dos preços mais altos da energia para os exportadores de energia devem superar os impactos negativos para as outras economias da região. Os riscos para todas as regiões de EMED estão inclinados para o lado negativo e incluem intensificação das tensões geopolíticas, aumento da inflação, escassez de alimentos, estresse financeiro e aumento dos custos de empréstimos, surtos renovados de COVID-19 e interrupções por catástrofes.

Leste da Ásia e Pacífico: Previsão de desaceleração do crescimento para 4,4% em 2022 antes de aumentar para 5,2% em 2023. Para mais detalhes, veja o Panorama Regional (i).

Europa e Ásia Central: A economia regional deve encolher em 2,9% em 2022 antes de aumentar em 1,5% em 2023. Para mais detalhes, veja o Panorama Regional (i).

América Latina e Caribe: Previsão de desaceleração do crescimento para 2,5% em 2022 e 1,9% in 2023. Para mais detalhes, veja o Panorama Regional (i).

Oriente Médio e Norte da África: Previsão de aceleração do crescimento para 5,3% em 2022 antes de desacelerar para 3,6% em 2023. Para mais detalhes, veja o Panorama Regional (i).

Sul da Ásia: Previsão de desaceleração do crescimento para 6,8% em 2022 e 5,8% em 2023. Para mais detalhes, veja o Panorama Regional (i).

África Subsaariana: Previsão de crescimento moderado para 3,7% em 2022 antes de aumentar para 3,8% em 2023. Para mais detalhes, veja o Panorama Regional (i).

Comunicados de imprensa

Data de publicação Comunicados de imprensa América Latina e Caribe África Subsaariana
7 de Junho de 2022 Risco de estagflação aumenta em meio à forte desaceleração do crescimento; A guerra na Ucrânia está levando ao aumento da inflação e a condições financeiras mais restritas    
11 de Janeiro de 2022 O crescimento global deve desacelerar até 2023, aumentando o risco de um declínio rápido e indesejado nas economias em desenvolvimento analysis analysis
8 de Junho de 2021 A recuperação global é vigorosa mas desigual e muitos países em desenvolvimento lutam contra os efeitos prolongados da pandemia analysis analysis
5 de Janeiro de 2021 A Economia Mundial Deve Expandir 4% em 2021; Implementação da Vacina e Investimentos são Essenciais para Sustentar a Recuperação analysis analysis
8 de Junho de 2020 O COVID-19 Lança a Economia Mundial na Pior Recessão desde a Segunda Guerra Mundial analysis analysis
8 de Janeiro de 2020 Crescimento Global: Retomada modesta para 2,5% em 2020 em meio ao acúmulo de dívida e crescimento mais lento da produtividade analysis analysis
4 de Junho de 2019 Crescimento mundial deve cair para 2,6% em 2019, em meio a riscos substanciais .. ..
8 de Janeiro de 2019 Perspectivas negativas: A economia global deve desacelerar para 2,9% em 2019 com o enfraquecimento do comércio e investimentos .. ..
5 de Junho de 2018 A Economia global deverá expandir-se a 3,1% em 2018 – previsão de crescimento mais lento .. ..
9 de Janeiro de 2018 A economia global deverá aproximar-se de 3,1% em 2018, mas crescimento futuro suscita preocupação .. ..
4 de Junho de 2017 Crescimento global deverá firmar-se em 2,7% ao melhorarem as perspectivas .. ..
10 de Janeiro de 2017 Légère accélération de la croissance mondiale à 2,7 %, malgré la faiblesse de l’investissement .. ..
7 de Junho de 2016 O Banco Mundial reduz a perspectiva do crescimento global em 2016 para 2,4% .. ..
6 de Janeiro de 2016 Recuperação anêmica nos mercados emergentes pesará fortemente sobre o crescimento global em 2016 .. ..
10 de Junho de 2015 Os Países em Desenvolvimento Enfrentam uma Transição Difícil em 2015, com Custos Financeiros Mais Elevados e Preços de Petróleo & de Outros Produtos de Base Mais Baixos .. ..
13 de Janeiro de 2015 As perspectivas económicas globais mostram melhorias em 2015, mas tendências divergentes colocam riscos de abrandamento, afirma o Banco Mundial .. ..
Back to Top