COMUNICADO À IMPRENSA 24 de Julho de 2019

O Banco Mundial Mobiliza USD $300 Milhões para Financiar a Resposta ao Ébola na República Democrática do Congo

WASHINGTON, 24 de Julho de 2019—O Grupo Banco Mundial anunciou hoje que está a mobilizar até USD 300 milhões destinados a incrementar o apoio à resposta global à epidemia de Ébola na República Democrática do Congo (RDC). O anúncio seguiu-se à declaração da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que o actual surto constitui uma Emergência de Saúde Pública de Envergadura Internacional. 

“Juntos, temos de tomar medidas urgentes para suster a epidemia mortal de Ébola que está a destruir as vidas e os meios de subsistência na República Democrática do Congo”, disse a CEO do Banco Mundial, Kristalina Georgieva. “As comunidades e trabalhadores da saúde na linha da frente deste surto precisam urgentemente de mais apoio e recursos da comunidade internacional para impedir que esta crise se agrave no país e avance além-fronteiras” 

Os USD $300 milhões em subvenções e créditos serão, em grande medida, financiados através da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA) do Banco Mundial e da sua Janela de Resposta a Crises, que foi desenhada para ajudar os países a darem resposta a crises graves e a regressarem às suas trajectórias de desenvolvimento de longo prazo. O pacote de financiamento irá abranger as zonas de saúde afectadas pelo Ébola na RDC e permitir que o governo estabeleça a resposta da saúde da linha de frente, proporcione programas de dinheiro por trabalho destinados a apoiar a economia local, reforce a resiliência nas comunidades afectadas e contenha a propagação deste vírus mortal. 

Este montante representa aproximadamente metade das necessidades de financiamento previstas no Quarto Plano de Resposta Estratégica (SRP4), que o Governo e os parceiros do consórcio internacional a trabalharem nesta acção deverão concluir na próxima semana. O Banco Mundial tem apoiado programas para combater a luta da RDC contra o Ébola desde Maio de 2018, destinando-se os recursos à resposta da linha da frente, ao reforço do sistema de saúde e à preparação para reduzir o risco de propagação.

O USD $300 milhões de financiamento do Banco Mundial, anunciado hoje, soma-se aos USD $100 milhões desembolsados pelo Banco Mundial e Mecanismo de Financiamento de Urgência de Pandemias (PEF) em resposta ao actual Surto de Ébola na RDC desde Agosto de 2018. Os pormenores sobre o financiamento total do Banco para a resposta da RDC ao Ébola, até à data, estão disponíveis aqui

O ébola espalhou-se por comunidades já afectadas por graves dificuldades de pobreza extrema e insegurança. O envolvimento do Banco Mundial na RDC está centrado no investimento nas pessoas, no apoio às comunidades, no reforço dos serviços e sistemas, que constituem passos importantíssimos para eliminar esta crise e atacar as fontes subjacentes da pobreza e da desigualdade que contribuíram para alimentar este surto mortal. 


COMUNICADO À IMPRENSA Nº 2020/018/HD

Contactos

Em Washington
Sheryl Silverman
+1 (202) 473-3297
ssilverman@worldbankgroup.org
Para Pedidos de Difusão
Huma Imtiaz
+1 (202) 473-2409
himtiaz@worldbankgroup.org
Api
Api