Learn how the World Bank Group is helping countries with COVID-19 (coronavirus). Find Out

COMUNICADO À IMPRENSA

Moçambique: Banco Mundial Aprova Fundos para Ajudar a Levar Água Potável a Residentes Urbanos

25 de Julho de 2013



WASHINGTON, 25 de Julho 2013 – O Conselho de Directores Executivos do Banco Mundial aprovou hoje um crédito da AID* de USD178 milhões para ajudar o Governo de Moçambique a aumentar o acesso a água potável para aqueles que vivem na maior área urbana de Moçambique – a Área do Grande Maputo. O projecto beneficiará também as mulheres e raparigas, que dedicam grande parte do seu dia a ir buscar água para as suas famílias.

“O Governo de Moçambique tem feito bons progressos na construção de um sistema sustentável de água, para facultar acesso a água potável a muitas famílias, nas suas áreas urbanas, em rápida expansão,” diz

Laurence C. Clarke, Director para Moçambique do Banco Mundial. “Dá-nos grande satisfação apoiar este projecto que trará melhores condições de saúde e água segura a mais de 100 000 famílias que habitam a área do Grande Maputo.”

Estes fundos vão apoiar o Projecto de Expansão do Abastecimento de Água ao Grande Maputo concebido como parte da recentemente actualizada Estratégia Nacional de Abastecimento Urbano de Água e Saneamento. O projecto contribui para o terceiro Plano de Acção para a Redução da Pobreza - PARP 2011-2014, do Governo, o terceiro pilar do qual visa melhorar o acesso à água e sua utilização e +remitir o acesso a saneamento seguro, para cujo projecto contribuirá directamente. As obras do projecto irão ligar cerca de 100 000 famílias ao sistema formal de abastecimento de água do Grande Maputo.

O projecto apoiará o Governo na construção de uma estação de tratamento de água com capacidade para 60 000 m3 de água por dia que será captada na barragem de Corumana, e apoiará a construção de cerca de 93 quilómetros de condutas de transmissão, com uma capacidade de 120 000 m3/dia de água, bem como reservatórios, estações de bombagem e outras obras anexas.

“Moçambique está exposto a periódicos ciclones tropicais durante os meses de verão, que frequentemente inundam o sistema de captação e de tratamento de águas da rede existente”, explica Jamal Saghir, Director para o Desenvolvimento Sustentável na Região África. “Este projecto apoiará a criação de um sistema de abastecimento de água resistente a condições climáticas e que trará água limpa, própria para beber, cozinhar e para limpeza, às famílias da área do Grande Maputo.”

O projecto prestará também apoio técnico ao Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água –FIPAG do Governo e apoio no reforço de capacidades e apoio operacional ao organismo independente Conselho de Regulação das Águas – CRA.

“Cerca de 17 por cento das mortes de crianças com menos de cinco anos, em Moçambique, são resultado de doenças diarreicas, causados sobretudo pela má qualidade da água e saneamento”, revela Luiz Claudio Martins Tavares, Chefe da Equipa de Tarefa para o projecto. Os fundos hoje aprovados irá levar água limpa, tratada, directamente a lares na área do Grande Maputo, dando às famílias uma oportunidade de melhor saúde, e mais tempo livre, em cada dia, para as tão sobrecarregadas mulheres e raparigas.”

 

*A Associação Internacional para o Desenvolvimento (AID) do Banco Mundial, criada em 1960, ajuda os países mais pobres do mundo facilitando financiamentos a zero-juros e doações para projectos e programas que promovem o crescimento económico, reduzem a pobreza e melhoram a vida dos pobres. A AID é uma das maiores fontes de apoio aos 82 mais pobres países do mundo, 40 dos quais se situam em África. Os recursos da AID trazem mudanças positivas a 1,8 mil milhões de pessoas que vivem com menos de 2 dólares por dia. Entre 2003 e 2013, a AID contribuiu com USD 256 mil milhões para o financiamento de 3 787 projectos na África Subsariana, beneficiando, em média, 36 países africanos em cada ano.

 

Contatos com a mídia:
Em Washington
Elena Gex
tel : (202) 473-1708
egex@worldbank.org
Em Maputo
Rafael Saute
tel : +258-1-482-944
rsaute@worldbank.org



COMUNICADO À IMPRENSA Nº
2014/032/AFR

Api
Api