Learn how the World Bank Group is helping countries with COVID-19 (coronavirus). Find Out

COMUNICADO À IMPRENSA 18 de Fevereiro de 2020

A Indústria Solar Fora da Rede Evolui para um Mercado Anual de USD 1,75 mil milhões, Revela um Novo Relatório

NAIROBI, 18 de Fevereiro de 2020 – A indústria solar fora da rede transformou-se num mercado anual de USD 1,75 mil milhões, fornecendo luz e outros serviços de energia a 420 milhões de utentes e continua numa sólida curva de crescimento, revela um novo relatório do Grupo Banco Mundial e GOGLA.

O - 2020 Off-Grid Solar Market Trends report - relatório sobre as Tendências de Mercado da Energia Solar Fora da Rede 2020 conclui que a indústria registou um imenso progresso na última década. A partir de 2017, as receitas da indústria solar fora da rede continuam a crescer rapidamente, aumentando em 30% ao ano. Até à data, mais de 180 milhões de unidades autónomas foram vendidas em todo o mundo e o sector registou USD 1,5 mil milhões em investimentos desde 2012.

Havendo ainda 840 milhões de pessoas sem acesso a electricidade, o crescimento da indústria solar for a da rede é fundamental para o cumprimento do Objectivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS7) de acesso universal de baixo custo, fiável e sustentável e energia moderna até 2030.

“A indústria solar fora da rede é essencial para se conseguir o acesso universal à electricidade” disse Riccardo Puliti, Director Global de Energia e Indústrias Extractivas e Director Regional para as Infraestruturas, África do Banco Mundial. “Estamos a intensificar o nosso apoio aos países clientes, ajudando-os a alavancar este potencial através de soluções inovadoras e financeiramente sustentáveis”, acrescentou.

Segundo o relatório, o sector iria precisar de um impulso adicional de até USD 11 000 milhões em financiamento. Mais concretamente, o sector iria precisar de crescer a uma taxa acelerada de 13%, com investimento externo às empresas de até USD 7 700 milhões e de até USD 3 400 milhões de fundos públicos para colmatar a lacuna da acessibilidade económica.

“Somente atraindo financiamento comercial em escala poderemos atingir a meta de obtenção de acesso universal até 2030,” afirmou Paulo de Bolle, Director Sénior, Grupo de Instituições Financeiras Mundiais da IFC. “Estamos ansiosos por trabalhar com os bancos locais nossos parceiros nos mercados fora da rede mais maduros, onde a dívida comercial pode incitar a próxima fase de crescimento do mercado”.

As tendências demonstram que as empresas estão a deslocar-se para novas geografias e mercados mal abastecidos à medida que os mercados estabelecidos ficam mais saturados. Estas empresas estão também a orientar-se para vendas de sistemas solares residenciais maiores e de margem mais elevada em resposta à crescente procura do consumidor de electrodomésticos e de sistemas de reserva.                                                           

“Este relatório é mais uma confirmação do impacto significativo da energia solar fora da rede já alcançado, e da extraordinária oportunidade que se mantém no futuro”, referiu Koen Peters, Director Executivo de GOGLA. “O Relatório sobre as Tendências de Mercado partilha pormenores sobre o ponto em que nos encontramos e para onde devemos dirigir-nos a seguir”.

O resumo deste emblemático relatório bienal foi divulgado hoje em Global Off-Grid Solar Forum and Expo. O relatório integral estará disponível em Março de 2020.

Acerca do Relatório sobre Tendências do Mercado

O relatório bienal emblemático é publicado pelo Programa Global de Iluminação do Grupo Banco Mundial em cooperação com a Associação Global de Iluminação Fora da Rede (GOGLA) com o apoio do Programa de Assistência para a Gestão do Sector da Energia (ESMAP). 

Acerca de Iluminação Global

Iluminação Global é a iniciativa do Grupo Banco Mundial destinada a aumentar rapidamente o acesso à energia solar fora da rede para os 840 milhões de pessoas que vivem sem electricidade em todo o mundo. Iluminação Global – administrada pela IFC e pelo Banco Mundial – trabalha com fabricantes, distribuidores, governos e outros parceiros de desenvolvimento para construir e aumentar o moderno mercado de energia solar fora da rede. Os nossos programas são financiados com o apoio de ESMAP, o Organismo Consultivo em Matéria de Infraestruturas Públicas e Privadas (PPIAF), o Ministério dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, o Ministério do Ambiente, Terra e Mar de Itália (IMELS) e a Fundação IKEA.


COMUNICADO À IMPRENSA Nº 2020/117/EEX

Contactos

Nos Estados Unidos
Emmanouela (Emmy) Markoglou
+1 (202) 280-3734
emarkoglou@worldbankgroup.org
Rwaida Gharib (IFC)
+1 (202) 573-7386
rgharib@ifc.org
Em Nairobi
Grace Wangui Thuo
+254 722 667505
gthuo@ifc.org
Api
Api