Image

Perspectivas Econômicas Globais

Uma ampla melhoria, mas durante quanto tempo?

Visão Geral

Perspectiva global

Previsões de janeiro de 2018*

                      

O crescimento global deverá atingir 3,1% em 2018 e diminuir ligeiramente em 2019-20. Faça o download desses dados em Excel. Os gráficos podem ser gerados através do site DataBank do Banco Mundial.

  2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
PIB real            
Mundo 2.8 2.4 3.0 3.1 3.0 2.9
   Economias avançadas 2.2 1.6 2.3 2.2 1.9 1.7
       Estados Unidos da América 2.9 1.5 2.3 2.5 2.2 2.0
        Zona do Euro 2.1 1.8 2.4 2.1 1.7 1.5
        Japão 1.4 0.9 1.7 1.3 0.8 0.5
  Economias Emergentes e em Desenvolvimento (EMDEs)' 3.6 3.7 4.3 4.5 4.7 4.7
           EMDEs exportadores de commodities 0.4 0.8 1.8 2.7 3.1 3.1
           Outros EMDEs 6.1 5.9 6.0 5.7 5.7 5.7
              Outros EMDEs excluindo a China 5.2 4.9 5.1 4.8 5.1 5.1
      Leste Asiático e Pacífico 6.5 6.3 6.4 6.2 6.1 6.0
           China, República Popular da 6.9 6.7 6.8 6.4 6.3 6.2
           Indonésia 4.9 5.0 5.1 5.3 5.3 5.3
           Tailândia 2.9 3.2 3.5 3.6 3.5 3.4
      Europa e Ásia Central 1.0 1.7 3.8 2.9 3.0 3.0
          Rússia, Federação da -2.8 -0.2 1.7 1.7 1.8 1.8
           Turquia 6.1 3.2 6.7 3.5 4.0 4.0
           Polônia 3.8 2.9 4.5 4.0 3.5 3.1
      América Latina e Caribe -0.6 -1.5 0.9 2.0 2.6 2.7
          Brasil -3.5 -3.5 1.0 2.0 2.3 2.5
           México 3.3 2.9 1.9 2.1 2.6 2.6
          Argentina 2.6 -2.2 2.7 3.0 3.0 3.2
      Oriente Médio e Norte da África 2.8 5.0 1.8 3.0 3.2 3.2
          Arábia Saudita 4.1 1.7 0.3 1.2 2.1 2.2
           Irã, República Islâmica do -1.3 13.4 3.6 4.0 4.3 4.3
           Egito** 4.4 4.3 4.2 4.5 5.3 5.8
      Sul da Ásia 7.1 7.5 6.5 6.9 7.2 7.2
           Índia 8.0 7.1 6.7 7.3 7.5 7.5
           Paquistão** 4.1 4.5 5.3 5.5 5.8 6.0
           Bangladesh** 6.6 7.1 7.2 6.4 6.7 6.7
      África Subsaariana 3.1 1.3 2.4 3.2 3.5 3.6
           África do Sul 1.3 0.3 0.8 1.1 1.7 1.7
           Nigéria 2.7 -1.6 1.0 2.5 2.8 2.8
           Angola 3.0 0.0 1.2 1.6 1.5 1.5
Outros itens:            
   PIB real            
      Países de alta renda 2.3 1.7 2.2 2.2 1.9 1.8
      Países em desenvolvimento 3.6 3.8 4.5 4.7 4.8 4.9
         Países de baixa renda 4.7 4.5 5.1 5.4 5.5 5.7
      BRICS 4.0 4.4 5.2 5.3 5.4 5.4
      Mundo (PPC - 2010) 3.3 3.2 3.7 3.7 3.7 3.7
   Volume do comércio mundial 2.7 2.3 4.3 4.0 3.9 3.8
   Preços de commodities            
      Preços do petróleo -47.3 -15.6 23.8 9.4 1.7 1.7
      Índice de preços das matérias-primas não energéticas -15.0 -2.6 4.9 0.6 0.8 1.2

Fonte: Banco Mundial. 

* E = estimativa; P = previsão. EMDE = economias dos mercados emergentes e em desenvolvimento. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

** Baseado no ano fiscal.

Previsões regionais

O crescimento das economias dos mercados emergentes e em desenvolvimento (EMDE, na sigla em inglês) acelerou para 4,3% em 2017, refletindo a recuperação dos exportadores de commodities em meio a continuação da forte atividade dos importadores de commodities. O crescimento das EMDEs esta projetado para se fortalecer ainda mais, chegando a 4,5% em 2018 e a uma média de 4,7% em 2019-20 — próximo ao seu potencial —, à medida que as dificuldades dos exportadores de commodities se dissipam. No entanto, o crescimento potencial deverá diminuir na próxima década, refletindo o efeito retardado da recente fraqueza de investimento, diminuição no crescimento da produtividade e tendências demográficas desfavoráveis. Confira, a seguir, um olhar mais profundo sobre as perspectivas econômicas para cada região.

  • Image

    Leste Asiático e Pacífico

    Segundo as previsões, o crescimento na região deverá baixar a 6,2% em 2018 em comparação com a estimativa de 6,4% em 2017. Uma desaceleração estrutural na China pode causar a impressão de compensar uma modesta aceleração cíclica no restante da região. Os riscos nas previsões tornaram-se mais equilibrados. Um crescimento mais sólido do que o previsto nas economias avançadas pode levar a um crescimento mais rápido do que o esperado nas economias principais da região. Do lado negativo, a intensificação da tensão geopolítica, maior protecionismo local, arrocho abrupto imprevisto das condições financeiras globais e desaceleração mais profunda do que o esperado nas principais economias – inclusive a China – representam riscos negativos na perspectiva regional. O crescimento na China cairá ainda mais para 6,7% em 2018, abaixo dos 6,9% em 2017. Segundo as previsões, o crescimento na região deverá acelerar a 5,3% em 2018 em comparação com 5,1% em 2017.
      2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
    Leste Asiático e Pacífico 6.5 6.3 6.4 6.2 6.1 6.0
    Camboja 7.0 7.0 6.8 6.9 6.7 6.7
    China, República Popular da 6.9 6.7 6.8 6.4 6.3 6.2
    Fiji 3.6 0.4 3.8 3.5 3.3 3.2
    Filipinas 6.1 6.9 6.7 6.7 6.7 6.5
    Ilhas Salomão 2.5 3.3 3.0 3.0 2.8 2.7
    Indonésia 4.9 5.0 5.1 5.3 5.3 5.3
    Laos, República Democrática Popular do 7.4 7.0 6.7 6.6 6.9 6.9
    Malásia 5.0 4.2 5.8 5.2 5.0 4.7
    Mongólia 2.2 1.4 2.8 3.1 7.3 5.5
    Mianmar 7.0 5.9 6.4 6.7 6.9 6.9
    Papua-Nova Guiné 8.0 2.4 2.1 2.5 2.4 3.4
    Tailândia 2.9 3.2 3.5 3.6 3.5 3.4
    Timor Leste 4.0 5.7 2.4 4.2 5.0 5.0
    Vietnã 6.7 6.2 6.7 6.5 6.5 6.5

    Fonte: Banco Mundial. 

    * E = estimativa; P = previsão. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

  • Image

    Europa e Ásia Central

    Segundo as previsões, o crescimento na região deverá diminuir para 3,9% em 2018 em comparação com a estimativa de 3,7% em 2017. A recuperação deverá continuar no leste da região, impulsionada por economias de exportação de produtos básicos, contrabalançada por uma desaceleração gradual na parte oeste como resultado da atividade econômica moderada na Área do Euro. Incerteza de crescimento a respeito de políticas e declínio renovado dos preços do petróleo apresentam riscos de crescimento abaixo do previsto. A Rússia deverá expandir-se a 1.7% em 2018, sem alteração com relação a seu crescimento estimado em 2017. A Turquia deverá apresentar uma taxa moderada de 3,5% neste ano, em comparação com 6,7% no ano que acaba de findar.
      2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
    Europa e Ásia Central 1.0 1.7 3.8 2.9 3.0 3.0
    Albânia 2.2 3.4 3.8 3.6 3.5 3.5
    Armênia 3.2 0.2 3.7 3.8 4.0 4.0
    Azerbaijão 1.1 -3.1 -1.4 0.9 1.5 2.6
    Bielorrússia -3.8 -2.6 1.8 2.1 2.4 2.4
    Bósnia e Herzegovina 3.0 3.1 3.0 3.2 3.4 3.5
    Bulgária 3.6 3.9 3.8 3.9 4.0 3.9
    Cazaquistão 1.2 1.1 3.7 2.6 2.8 3.0
    Croácia 2.3 3.2 3.0 2.6 2.8 3.0
    Geórgia 2.9 2.8 4.3 4.2 4.7 5.0
    Hungria 3.4 2.2 3.9 3.8 3.1 2.9
    Kosovo 4.1 3.4 4.4 4.8 4.8 4.7
    Macedônia, Antiga República Iugoslava da 3.8 2.4 1.5 3.2 3.9 4.0
    Moldova, República -0.4 4.3 3.5 3.8 3.6 3.3
    Montenegro 3.4 2.9 4.2 2.8 2.5 2.1
    Polônia 3.8 2.9 4.5 4.0 3.5 3.1
    Quirguistão 3.9 3.8 3.5 4.2 4.8 4.6
    Romênia 3.9 4.8 6.4 4.5 4.1 3.5
    Rússia, Federação da -2.8 -0.2 1.7 1.7 1.8 1.8
    Sérvia 0.8 2.8 2.0 3.0 3.5 4.0
    Tadjiquistão 6.0 6.9 5.2 5.0 5.5 5.7
    Turcomenistão 6.5 6.2 6.4 6.3 6.3 6.3
    Turquia 6.1 3.2 6.7 3.5 4.0 4.0
    Ucrânia -9.8 2.3 2.0 3.5 4.0 4.0
    Uzbequistão 8.0 7.8 6.2 5.6 6.3 6.5

    Fonte: Banco Mundial. 

    * E = estimativa; P = previsão. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

  • Image

    América Latina e Caribe

    Segundo as previsões, o crescimento na região deverá avançar para 2% em 2018, em comparação com a estimativa de 0.9 % em 2017. O impulso do crescimento deverá intensificar-se à medida que o consumo privado e o investimento se reforçarem, especialmente entre economias de exportação de produtos básicos. Incerteza política adicional, desastres naturais, aumento do protecionismo comercial nos Estados Unidos ou maior deterioração de condições fiscais internas podem tirar o crescimento de seu curso normal. O Brasil deverá avançar para 2% em 2018, em comparação com a estimativa de 1% em 2017. Segundo as previsões, o México deverá acelerar a 2,1% neste ano, em comparação com uma estimativa de 1,9% no ano passado.
      2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
    América Latina e Caribe -0.6 -1.5 0.9 2.0 2.6 2.7
    Argentina 2.6 -2.2 2.7 3.0 3.0 3.2
    Belize 2.9 -0.8 0.8 2.2 1.7 1.7
    Bolívia 4.9 4.3 3.9 3.8 3.4 3.3
    Brasil -3.5 -3.5 1.0 2.0 2.3 2.5
    Chile 2.3 1.6 1.7 2.4 2.7 2.8
    Colômbia 3.1 2.0 1.8 2.9 3.4 3.4
    Costa Rica 4.7 4.3 3.9 3.6 3.5 3.5
    Equador 0.2 -1.5 1.4 0.8 0.9 1.0
    El Salvador 2.3 2.4 2.1 1.8 1.8 1.9
    Granada 6.2 3.9 2.4 2.2 2.1 2.1
    Guatemala 4.1 3.1 3.2 3.4 3.5 3.5
    Guiana, RC 3.1 3.4 2.9 3.8 3.7 3.7
    Haiti 1.2 1.4 1.1 2.2 2.5 2.5
    Honduras 3.6 3.6 4.1 3.6 3.5 3.5
    Jamaica 0.9 1.4 1.4 1.8 2.0 2.0
    México 3.3 2.9 1.9 2.1 2.6 2.6
    Nicarágua 4.9 4.7 4.5 4.4 4.4 4.4
    Panamá 5.8 4.9 5.5 5.6 5.6 5.7
    Paraguai 3.0 4.0 3.8 4.0 4.0 4.0
    Peru 3.3 4.0 2.6 3.8 3.8 4.0
    República Dominicana 7.0 6.6 4.5 4.9 4.7 4.7
    Santa Lúcia 2.0 0.9 2.0 2.2 1.8 1.8
    São Vicente e Granadinas 1.4 1.9 2.5 2.7 2.8 2.8
    Suriname -2.7 -5.1 0.0 2.2 1.2 1.2
    Trinidad e Tobago -0.6 -5.4 -3.2 1.9 2.2 1.6
    Uruguai 0.4 1.5 2.5 2.8 3.2 3.2
    Venezuela, RB -8.2 -16.1 -11.9 -4.2 0.6 0.9

    Fonte: Banco Mundial. 

    * E = estimativa; P = previsão. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

  • Image

    Oriente Médio e Norte da África

    O crescimento na região deverá acelerar-se a 3% em 2018 e a 2,6% em 2017. Prevê-se que as reformas em toda a região tomem impulso. As restrições financeiras deverão diminuir à medida que os preços baixos do petróleo permanecerem inalteráveis e, segundo previsto, as condições agrícolas apoiarão o crescimento nas economias que não dependem das exportações de petróleo. Os conflitos geopolíticos frequentes e a debilidade do preço do petróleo podem prejudicar o crescimento econômico. Segundo as previsões, a Arábia Saudita deverá subir a 1,2% em 2018, em comparação com 0,3% em 2017, ao passo que o crescimento está previsto a atingir 4,5% na República Árabe do Egito no exercício financeiro de 2018 em comparação com 4,2% no ano passado.
      2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
    Oriente Médio e Norte da África 2.8 5.0 1.8 3.0 3.2 3.2
    Argélia 3.7 3.3 2.2 3.6 2.5 1.6
    Barém 2.9 3.2 2.4 2.0 1.6 1.7
    Djibouti 6.5 6.5 7.1 7.0 7.0 7.0
    Egito   4.4 4.3 4.4 4.9 5.6 5.8
      Egito, baseado no ano fiscal 4.4 4.3 4.2 4.5 5.3 5.8
    Arábia Saudita 4.1 1.7 0.3 1.2 2.1 2.2
    Catar 3.6 2.2 1.7 2.6 3.0 3.0
    Cisjordânia e Faixa de Gaza 3.4 4.1 3.0 3.0 2.9 2.9
    Emirados Árabes Unidos 3.8 3.0 1.4 3.1 3.3 3.3
    Irã, República Islâmica do -1.3 13.4 3.6 4.0 4.3 4.3
    Iraque 4.8 11.0 -0.8 4.7 1.7 1.9
    Jordânia 2.4 2.0 2.1 2.2 2.4 2.5
    Kuwait 0.6 3.6 -1.0 1.9 3.5 3.5
    Líbano 0.8 2.0 2.0 2.2 2.0 2.0
    Marrocos 4.5 1.2 4.1 3.1 3.2 3.2
    Omã 4.7 5.4 0.7 2.3 2.5 2.5
    Tunísia 1.1 1.0 2.0 2.7 3.3 4.0

    Fonte: Banco Mundial. 

    * E = estimativa; P = previsão. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

  • Image

    Sul da Ásia

    Segundo as previsões, o crescimento na região deverá subir a 6,9% em 2018 em comparação com a estimativa de 6,5% em 2017. O consumo deverá permanecer forte, prevê-se que as exportações se recuperem e o investimento está a caminho de reviver como resultado de reformas políticas e melhorias na infraestrutura. Revezes nos esforços de reformas, desastres naturais ou elevação da volatilidade financeira global poderão reacender o crescimento. A Índia deverá subir à taxa de 7,3% no exercício financeiro de 2018/2019 que começa em 1º de abril, em comparação com 6,7% no exercício financeiro de 2017/18. O Paquistão deverá subir à taxa de 5,8% no exercício financeiro de 2018/2019 que começa em 1º de julho, em comparação com 5,5% no exercício financeiro de 2017/18.
      2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
    Sul da Ásia 7.1 7.5 6.5 6.9 7.2 7.2
    Baseado no ano do calendário            
    Afeganistão 1.1 2.2 2.6 3.4 3.1 3.1
    Maldivas, República das 3.3 4.7 4.8 4.9 5.0 5.0
    Sri Lanka 4.8 4.4 4.1 5.0 5.1 5.1
    Baseado no ano fiscal 15/16 16/17 17/18e 18/19f 19/20f 20/21f
    Bangladesh 7.1 7.2 6.4 6.7 6.7 6.7
    Butão 6.6 8.0 6.7 6.9 7.6 7.6
    Índia 8.0 7.1 6.7 7.3 7.5 7.5
    Nepal 0.4 7.5 4.6 4.5 4.5 4.5
    Paquistão (fator de custo) 4.5 5.3 5.5 5.8 6.0 6.0

    Fonte: Banco Mundial. 

    * E = estimativa; P = previsão. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

  • Image

    África Subsaariana

    O crescimento na região deverá subir a 3,2% em 2018, em comparação com 2,4% em 2017. Um crescimento mais sólido dependerá da estabilização dos preços dos produtos básicos e da implementação de reformas. Uma queda nos preços dos produtos básicos, aumentos das taxas de juros mais elevados do que o previsto e medidas inadequadas para melhorar a dinâmica da dívida poderão prejudicar o crescimento econômico. Segundo as previsões, o crescimento na África do Sul deverá atingir 1,1% em comparação com 0,8% em 2017. A Nigéria deverá atingir uma expansão de 2,5% neste ano, em comparação com 1% no ano que acaba de findar.
      2015 2016 2017e 2018p 2019p 2020p
    África Subsaariana 3.1 1.3 2.4 3.2 3.5 3.6
    África do Sul 1.3 0.3 0.8 1.1 1.7 1.7
    Angola 3.0 0.0 1.2 1.6 1.5 1.5
    Benin 2.1 4.0 5.4 6.0 6.3 6.7
    Botsuana -1.7 4.3 4.5 4.7 4.8 4.8
    Burkina Faso 4.0 5.9 6.4 6.0 6.0 6.0
    Burundi -3.9 -0.6 0.5 1.5 2.5 2.5
    Cabo Verde 0.9 3.8 3.5 3.6 3.8 3.8
    Camarões 5.8 4.5 3.7 4.1 4.3 4.3
    Chade 1.8 -6.4 -2.7 3.7 2.9 6.8
    Comores 1.0 2.2 2.5 2.7 2.9 2.9
    Congo, República Democrática do 6.9 2.4 2.6 3.0 3.3 3.3
    Congo, República do 2.6 -2.8 -1.1 2.3 1.5 1.5
    Costa do Marfim 8.9 8.3 7.6 7.2 7.2 7.2
    Guiné Equatorial -9.1 -9.0 -8.5 -6.0 -4.2 -4.2
    Etiópia 9.6 7.5 8.5 8.2 7.8 7.8
    Gabão 4.0 2.1 1.1 2.4 3.7 3.7
    Gâmbia 4.1 2.2 3.0 3.5 4.2 4.2
    Gana 3.8 3.7 6.1 8.3 5.5 5.5
    Guiné 3.5 6.6 6.7 5.8 5.9 5.9
    Guiné-Bissau 6.1 5.8 5.5 5.2 5.4 5.4
    Ilhas Maurício 3.5 3.7 3.9 3.8 3.7 3.7
    Lesoto 5.6 2.3 4.0 4.0 4.2 4.2
    Libéria 0.0 -1.6 2.5 3.9 5.0 6.0
    Madagascar 3.1 4.2 4.1 5.1 5.6 5.4
    Malauí 2.8 2.5 4.5 5.0 5.4 5.4
    Mali, República do 5.7 5.8 5.3 5.0 4.7 4.7
    Mauritânia 1.4 2.0 3.5 3.0 4.6 4.6
    Moçambique 6.6 3.8 3.1 3.2 3.4 3.4
    Namíbia 6.0 1.1 1.7 3.0 3.5 3.5
    Níger 4.0 5.0 5.2 5.2 5.4 5.6
    Nigéria 2.7 -1.6 1.0 2.5 2.8 2.8
    Quênia 5.7 5.8 4.9 5.5 5.9 5.9
    Ruanda 8.9 5.9 5.2 5.9 6.8 6.8
    Senegal 6.5 6.7 6.8 6.9 7.0 7.0
    Seichelles, República das 3.5 4.4 4.2 3.8 3.5 3.5
    Serra Leoa -20.6 6.3 5.6 6.3 6.7 6.7
    Sudão 4.9 4.7 4.1 3.7 3.7 3.7
    Suazilândia 1.5 1.3 0.9 1.9 1.8 1.8
    Tanzânia 7.0 7.0 6.6 6.8 6.9 6.9
    Togo 5.3 5.0 5.0 5.3 5.4 5.4
    Uganda 5.2 4.7 4.0 5.1 5.7 6.0
    Zâmbia 2.9 3.0 4.2 4.5 5.0 5.0
    Zimbábue 1.4 0.7 2.8 0.9 0.2 0.2

    Fonte: Banco Mundial. 

    * E = estimativa; P = previsão. As previsões do Banco Mundial são freqüentemente atualizadas com base em novas informações e mudanças nas circunstâncias (globais). Consequentemente, as projeções aqui apresentadas podem ser diferentes das contidas em outros documentos do Banco Mundial, mesmo que as avaliações básicas das perspectivas dos países não sejam significativamente diferentes em nenhum momento. Consulte o site em inglês para obter detalhes adicionais (http://www.worldbank.org/gep).

Back to Top